Blog

10 jun 2020

Você já conhece o WordPress?

Ter um bom site já virou regra para todo negócio que deseja ter mais visibilidade, não é? Depois de entender sua importância, você deve se perguntar como ou onde criá-lo, e para isso existe o WordPress. Talvez você já tenha ouvido falar dessa plataforma, então agora vai poder conhecer um pouco mais do seu funcionamento.

WordPress é um CMS (Content Management System ou Sistema de Gerenciamento de Conteúdo), aplicação feita para simplificar a criação e gerenciamento de sites, sem precisar conhecer muito de programação, ou seja, os códigos já vêm prontos em todo o site.

Leia mais

Agora, por que escolhê-lo? Contando com uma infinidade de temas, plugins e extensões (todos com opções gratuitas e pagas), sites em WordPress são altamente personalizáveis e contam com painéis amigáveis para facilitar o entendimento do sistema. Assim, ele permite que você crie quase todos os tipos de site do jeito que você preferir. De blogs a comércios virtuais, porém dividindo-se em duas plataformas: o wordpress.com e o wordpress.org.

wordpress.com
Caso esteja procurando uma forma barata e simples de colocar seu conteúdo online, essa é uma ótima opção. Para sites menores como: blogs, portfólios ou páginas pessoais, a facilidade de criação é o maior atrativo. O plano gratuito oferece temas prontos para você escolher como quer seu site e publicá-lo em pouco tempo. Também não é necessário instalar o WordPress ou pagar um plano de hospedagem. Contudo, as limitações para personalização são um ponto a analisar pois a versão gratuita não oferece domínio próprio, instalação de plugins ou alterações com código CSS. Esses e outros recursos somente são possíveis com os planos pagos que a plataforma disponibiliza.

wordpress.org
Se a sua ideia é um site mais robusto, que necessita ter recursos mais avançados e maior liberdade de criação, como sites de empresas e lojas virtuais, essa é a melhor opção. Diferente da versão wordpress.com, para ter seu site é preciso contratar uma hospedagem e obter um domínio, o que vai custar mais, mas a vantagem está na possibilidade de personalização que você terá com a plataforma, podendo instalar quantos plugins precisar nas milhares de opções ou modificar um código de acordo com a sua necessidade.

Ambas têm recursos gratuitos e pagos, e as maiores diferenças estão na hospedagem de cada uma, seu nível de personalização e facilidade de uso.

Após conhecer mais detalhes do WordPress e suas diferentes plataformas, fica fácil entender também o seu uso na área profissional, visto que, mesmo sendo simples de usar por quem não tem nenhum conhecimento, oferece ótimos recursos para tarefas mais técnicas como SEO (otimização para mecanismos de busca), programação, design, usabilidade etc.

Viu? Não é tão complicado. O WordPress é um CMS que trabalha duas plataformas de maneiras diferentes, lhe oferecendo vários motivos para começar a utilizá-lo.

Vale a pena entender do assunto para estar cada vez mais presente no mundo virtual.

Eliza Paoliello

Deixar Um Comentário