Blog

08 jul 2020

Crescem iniciativas de apoio a micro empreendedores de Niterói

A cidade está controlando a Pandemia de Coronavírus e o novo desafio é levantar a economia

Niterói foi exemplo destacado em cenário internacional no combate ao Coronavírus. O controle da pandemia tem alcançado resultados positivos a cada etapa da flexibilização proposta pela Prefeitura da cidade, e também conta com o apoio dos moradores, que, em grande maioria, cumprem as diretrizes propostas.

Shoppings e Centros Comerciais reabrirão nesta quarta-feira, em horário especial e com diversas regras para evitar aglomerações e manter o distanciamento. Outros estabelecimentos já estão em funcionamento, permitido em etapas anteriores da flexibilização.

Porém, o novo momento traz também um novo desafio: reestabelecer a economia da cidade. O comportamento do consumidor mudou neste período de quarentena, e, muitos empreendedores já encontram dificuldades em lidar com novos perfis de público.


Leia mais

No entanto, a cidade possui uma rede de empreendedores bastante conectados, seja através de grupos formados em redes sociais e aplicativos de comunicação, até mesmo em organizações já concretas, que produzem e fomentam muita discussão com temas atuais que cooperam para que esta rede se mantenha firme e consiga atuar diante de qualquer cenário.

Na semana passada, uma dessas iniciativas na cidade ganhou um destaque significativo para os empreendedores de Niterói. De 22 a 26 de junho aconteceu o Linka.vc.

O evento, que está em sua 4ª edição, desta vez, devido à pandemia do Coronavírus, foi realizado online e gratuito.

O Linka.vc reuniu aproximadamente 250 participantes, a grande maioria, empreendedores da cidade de Niterói, mas contou também comparticipações de todo o país.

As palestras foram ministradas por: Breno Paquelet, especialista em negociação pela Havard Business School; Gustavo Brito, Mestre em sociologia pela Universidade de Paris 1 e Head de Educação Corporativa do Grupo Boticário; Paula Tebett, especialista em mídias sociais, mãe empreendedora e idealizadora do projeto Empreendedores do Bem; Pedrinho Salomão, Co-fundador da Rádio Ibiza e autor dos livros “Empreendendo Felicidade” e “Lyderez”; Eder Monteiro, TEDx Licensee, produtor do podcast Movendo-se, executivo de recursos humanos em empresas multinacionais; Bianca Buzin, Empreendedora e CEO da Cervejaria NOI, líder de uma marca que só cresce; Monique Menezes, líder de people partner na VTEX, maior plataforma de América latina de e-commerce; Artur Kjá, Líder de Inovação, Professor de Design Thinking, Artista Visual e Catalisador Criativo; e Marina Roale, Mestre em Mídia e Cotidiano pela UFF e design thinker, é a pesquisadora líder do time de insights do Grupo Consumoteca.

O evento também contou com o Grupo Somos Empreendedoras, que trouxe, a cada dia um tema para bate-papo.

O formato online também permitiu a criação da sala “Faz seu nome”, onde qualquer participante pode aproveitar o espaço para trazer suas experiências e conhecimentos sobre o assunto que quisesse abordar.

O que foi discutido?

A primeira palestra trouxe para o público um forte debate sobre educação, passando, ao longo do dia, por outros assuntos como empreendedorismo e marca pessoal e como nutrir relações potentes de liderança na quarentena.

O segundo dia do evento, contou com a participação da gestora da cervejaria Noi, falando sobre como a empresa está lidando com o novo cenário social. Em seguida, abordou planejamento estratégico para micro e pequenos negócios e como Construir acordos criativos em um contexto de escassez.

Já no terceiro dia, o Linka.vc trouxe para debate transformação digital, novos valores, diversidade e inclusã. O dia começou com uma palestra sobre como reinventar carreiras considerando o novo mundo que se descortina e terminou com o tema “Como impulsionar a cultura organizacional em cenário de crise”.

O penúltimo dia de Linka.vc, entregou assuntos como criatividade para reinventar carreiras , a importância da comunicação assertiva para atingir seu público de forma clara e encerrou debatendo redes sociais e como criar engajamento em tempos de isolamento social.

O evento foi encerrado trazendo para o público uma aula sobre o comportamento das gerações nas redes sociais e como o empreendedor pode dialogar com cada uma, e um debate sobre maternidade e empreendedorismo.

Renata Feitoza

Deixar Um Comentário