Blog

27 jul 2018

A alma das pessoas é o negócio

A gestão que me refiro não é a de Chiavenato nem de nenhum destes autores renomados e que por sinal respeito muito. Mas sim, daquela gestão de pessoas em empresas pequenas que precisam ter uma relação próxima com seus gestores.

Não entendo porque os gestores de empresas menores insistem em acompanhar seus funcionários de maneira fria como se estivessem separados por andares e não a meio metro da mesa do lado. Antes de pensar em gestão ou em negócio, as pessoas precisam se sentir bem, seguras e minimamente satisfeitas onde trabalham.


Leia mais

Tem algumas coisas que os chefes, gestores e líderes parecem querer ser enganados, como por exemplo: pedir atestado! PARA QUE? Qualquer um pode conseguir atestado. Não é melhor confiar em quem você contrata e no dia que ela tiver indisposta, poder falar abertamente que não está bem para ir trabalhar? Se você não confia em quem você contratou, isso não tem como dar certo.

É preciso compreender que todas as pessoas possuem os mesmos ou mais problemas que você e passam por coisas iguais ou parecidas na vida. Gestão de pessoas sempre foi e sempre será um grande desafio nas empresas de todos os portes mas, as pequenas, basta confiar e ser confiável que já é meio caminho andado.

Antes de pensar em gestão é preciso entender que contratar alguém é o início de um relacionamento sério, é onde a pessoa passa a maior parte do dia e se não houver confiança é melhor nem começar!

Marcos Caldas Brito
Sou fundador e sócio da CREARTCODE, uma agencia que há 10 anos trabalha com foco na felicidade dos seus colaboradores.

Deixar Um Comentário